quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Entrevista com Ben Templesmith

FARRAZINE - Ben, seu traço é reconhecível por qualquer amante de quadrinhos. A intensidade e brutalidade das cenas (e isso é uma coisa boa, a propósito) é palpável. A questão é: como você veio a desenvolver esse traço? Qual sua trajetória, o processo da criação? Digo desde o dia em que você tentou desenhar pela primeira vez, como foi, que técnicas você experimentou e quais você achou melhores para os resultados desejados? Sei que é uma pergunta grande, mas espero que diga bastante sobre você, como artista.

Ben Templesmith - Tentativa e erro, na maior parte. Eu simplesmente gosto de seguir minhas influências. E prazos de entrega também influenciam o estilo, pra ser honesto. Então, é uma combinação de várias coisas. Eu sempre gostei de misturar técnicas e de ser diferente. E gosto de cores tanto quanto do desenho, então talvez isso explique um pouco (sobre o estilo que desenvolvi).

FZ - E quanto a outros artistas europeus, como Thomas Ott (desenhista de quadrinhos de horror suíço)? Poderia comentar um pouco daqueles cujo trabalho te deixou alguma impressão?

BT - Não posso dizer que tenho influências européias nesse sentido, embora Victor Ambrus, um ilustrador de livros, seja uma de minhas maiores.

FZ - Recentemente houve um tipo de “invasão”, com quadrinistas brasileiros integrando o mercado norte-americano de quadrinhos. Alguns exemplos são os gêmeos Bá e Moon, Rafael Grampá, e também artistas como Joe Bennet e outros. Eu gostaria de saber se você conhece seus trabalhos e o que você pensa deles (presumindo que você conhece).

BT - Bom, Bá e Moon e agora Grampá são estrelas super talentosas, até onde eu entendo. Choro quando vejo o trabalho deles. Queria ser tão bom. Não tenho familiaridade com o trabalho de mais ninguém especificamente do Brasil.

FZ - Falando sobre o Brasil, você já esteve aqui antes, durante a FIQ!. O que achou? O que chamou sua atenção e quando você volta, cara?

BT - Adorei. Um festival único. Um pouco europeu, outro tanto americano. Muito interessante, isso sem mencionar o país em si. Me diverti muito.
Não faço nem ideia de quando vou voltar. Provavelmente quando convidado! É um caminho longo e uma viagem enorme!

FZ - Quais seus pensamentos a respeito da adaptação de 30 Dias de Noite para a telona? Você mudaria alguma coisa?

BT - Eu achei bom. E isso teve muito a ver com os esforços do diretor, David Slade. Fora isso, eu não pensei sobre essas coisas. Eu não tenho como influenciar o processo e prefiro seguir meu caminho adiante. Não tem nada que eu pudesse fazer “de melhor”, relacionado ao filme. Tive pouco a ver com ele.

FZ –
Há mais algum projeto seu sendo dirigido à telona (ou à telinha)? Fora a adaptação para seriado dos livros de 30 Dias de Noite, digo? (A propósito, isso ainda não chegou no Brasil. Vergonha, vergonha.)

BT - Há a possibilidade de algo com “Bem-vindo a Hoxford”, que creio ter uma chance… mas sei pouco mais que isso a respeito desse assunto.

FZ - Você fez algumas parcerias “explosivas” como, por exemplo, com Steve Niles e Warren Ellis. Há algum outro escritor com quem você gostaria de trabalhar?

BT - Nenhum em específico. Na realidade, eu simplesmente gosto de trabalhar com amigos ou em coisas interessantes. Fora isso, prefiro trabalhar sozinho.

FZ - A propósito… super-heróis. Agora nós entendemos em grande parte a atração do gênero: superpoderes são legais, há muito apelo visual, você pode incluir praticamente tudo nas tramas, fantasias de onipotência geralmente vendem porque são agradáveis e, francamente, quem gostaria de ler uma história sobre seu vizinho? Como resultado, temos a maior parte do mercado de quadrinhos voltado para super-heróis. Recentemente, entretanto, têm aparecido títulos e artistas (presente companhia incluída) que romperam esse paradigma de alguma maneira, apresentando histórias que enfocavam outras coisas, não apenas adultos em colantes com as cuecas por cima das calças. Temos 30 Dias de Noite, Walking Dead, Fall of Cthulhu, Unknown Soldier, Crossed, Do Androids Dream of Electric Sheep?, só pra citar os primeiros a pipocar na mente. Gostaria de saber suas ideias a respeito disso. As pessoas estão, finalmente, prontas para outros gêneros?

BT - Não. Não na América (do Norte), pelo menos. Será sempre dominada pelos super-heróis. É simplesmente o jeito que as coisas acontecem. Mas boas histórias sempre terão algum sucesso. E essas são as razões para os projetos que você citou terem alguma popularidade, penso eu.

FZ - Parece que quadrinhos e cinema estão apaixonados, nesses dias. Tem havido um número enorme de adaptações de quadrinhos para a telona. De novo, os primeiros, feitos recentemente, a pipocarem na mente como exemplos: Scott Pilgrim, O Besouro Verde, 30 Dias de Noite, Jonah Hex, sem mencionar os super-heróis Marvel e DC, como Lanterna Verde, Batman, Homem de Ferro, Quarteto Fantástico, Homem-Aranha, e assim por diante... você acha que isso se deve à indústria finalmente ter desenvolvido a tecnologia necessária para tornar essas histórias em “realidade cinematográfica”, já que necessariamente teriam um monte de efeitos especiais, ou há realmente uma demanda maior por fantasia? Se houver, por quê?

BT - É em sua maior parte devido a Holywood querer fazer uns bons dólares através de propriedade intelectual firmada, já que tiveram alguns sucessos com o tema. É o jeito que as coisas são. O dinheiro dirige o mercado. Sim, filmes visualmente maravilhosos podem ser feitos hoje, mas eles custam muito… e o consenso geral é o de que muitos filmes baseados em quadrinhos podem se tornar sucesso. Vamos ver quanto tempo dura essa tendência, na verdade.

FZ - Você trabalha em casa? Qual seu ritmo? Quantas horas por dia você trabalha, normalmente, quantas páginas são feitas durante essas horas, o que exatamente você faz nelas (lápis e/ou pinturas, etc.)? O que você costuma ouvir enquanto trabalha?

BT - No momento não tenho ritmo, e estou meio que correndo atrás da máquina em tudo... acabei de mudar para uma nova cidade, então realmente preciso organizar um novo estúdio o mair rápido possível. Geralmente eu trabalho à noite, até alta madrugada. Se ouço música enquanto trabalho, são frequentemente trilhas de filmes. Pra efeitos de ambientação.

FZ - Tenho 2 desafios de “os dez melhores” pra você: Quais as dez Graphic Novels mais visualmente atraentes, e quais os dez filmes/animações também mais visualmente atraentes? Isso é para o leitor se familiarizar com seu gosto e para efeito de comparação com sua produção.

BT - Eu não consigo fazer o jogo de “os dez melhores”… mal consigo pensar em dez de qualquer coisa por esses dias. Digo mais, isso é muito subjetivo e eu iria mudar de ideia constantemente. Mas Asilo Arkham, Palestina (de Joe Sacco) e 300 estariam lá em cima na lista.
Filmes... bom, Aliens, A Coisa, talvez Dark City. Muito visuais. De estilo um tanto tradicional, vistos agora, talvez. Mas eles funcionam.


FZ - Recentemente, em um blog brasileiro (VertigemHQ) que traduz e divulga seu trabalho, Wormwood, você fez um comentário que gerou uma enorme discussão. O que eu gostaria de perguntar é: o que você pensa dos scans? Eles ajudam a divulgar o trabalho ou são prejudiciais? Nesse caso específico, seus fãs brasileiros foram capazes de conhecer um de seus trabalhos que provavelmente não seria publicado aqui em muito tempo ainda. (Uma informação: o blog publicou seu PayPal para que os fãs pudessem contribuir com o trabalho do autor de que gosta, e argumenta que o objetivo seria a divulgação, em vez de meramente roubar os trabalhos.)

BT - Ah, isso foi um tempinho atrás... você quer dizer onde as pessoas roubam/pirateiam o trabalho, essencialmente (porque é isso o que é, e eu mesmo já baixei alguns filmes!)? Bom, a respeito de meu trabalho, as pessoas que fazem isso virtualmente garantem que meu trabalho não chegará nunca ao Brasil. Se havia pouca demanda por ele antes, certamente não haverá nenhuma se esse trabalho já está todo traduzido e baixado de qualquer maneira. Sou um peixe pequeno, só faço dinheiro através das vendas de meus quadrinhos, eu não sou pago pra fazer Wormwood. Então, é um pouco triste. E nunca vi nenhuma doação por PayPal, embora tenha sido uma cortesia legal, depois que eu pedi. Não há isso de “propagar a palavra”, “divulgar o trabalho”, entretanto. Ainda é basicamente roubar um artista que não vai ver nenhum benefício por seu trabalho duro. Eu posso compreender, claro, e também sou um hipócrita até certo grau, mas é assim que vejo o assunto.

FZ - Finalmente, alguma mensagem pra seus fãs no Brasil?

BT - Bem... olá! Obrigado até por saberem quem sou! Por favor comprem meus livros, se sabem ler em Inglês, ou peçam a editoras brasileiras que os publiquem... é o melhor jeito e me permite pagar meu aluguel. O que é uma coisa ótima de se fazer de vez em quando.

Matéria publicada no Farrazine #21 que você pode baixar aqui ou ler online aqui

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Sai do forno o 14º livro do cartunista Marcio Baraldi


 
O nosso camaradaço sangue bom Marcio Baraldi está lançando um novo livro! 
 
Trata-se de "RAP DEZ, o primeiro personagem rapper dos Quadrinhos".

É uma coletânea do seu personagem que é publicado desde 2003 na revista “Viração”, uma publicação mensal para adolescentes com linha editorial politizada e militante. Mais que uma simples revista , a “Viração” é um projeto social, com apoio do Ministério da Cultura, da Unicef e da Unesco, e conta com a participação direta de jovens secundaristas e universitários na sua pauta e produção. Além de Baraldi, a revista conta com grandes ilustradores como Natalia Forcat, Lentini, Marcelo Rampazzo e o mestre Novaes.

Baraldi criou o personagem Rap Dez para a revista desde seu início e logo ele se tornou o mascote da publicação, sendo o primeiríssimo personagem rapper a surgir nos quadrinhos mundiais. Suas histórias são todas narradas em versos rimados, como um rap de verdade, sempre retratando temas politizados de interesse da juventude, tudo com o bom humor e energia positiva típicos do Baraldi.

O livro segue o padrão caprichado dos outros treze já lançados pelo cartunista, com 52 páginas coloridas em couché, capa plastificada e traz prefácios de Paulo Lima (editor da “Viração”) e do escritor Ferréz , além de depoimentos de vários artistas do rap como DJ HUM, Rappin Hood, XIS,Toni C e de outras personalidades como os mestres da HQ brasileira Emir Ribeiro, Fernando Ikoma e Getulio Delphim, além do jornalista Osvaldo Bertolino. Como cereja no bolo, o livro ainda traz duas caricaturas do Baraldi feitas pelos mestres da HQB - Osvaldo Talo e Fernando Ikoma.

Para conhecer o personagem Rap Dez, acesse: http://www.viracao.org/artigo.php?id=2178


Site Marcio Baraldi www.marciobaraldi.com.br
Twitter @marciobaraldi
Facebook http://www.facebook.com/profile.php?id=100002605009915


Informações para imprensa:
Gisele Santos Assessoria
@giselesantos_
imprensa.mundorock@gmail.com

O Baraldão deu uma extensa e muito bacana entrevista para o Farrazine na edição  #21 que você pode ler aqui

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: LUZ NAS TREVAS!

 
Está é uma edição especial com 32 páginas do Joseniz Guimarães de Moura (este que vos tecla) publicada inicialmente pelo projeto Primeira Edicão e agora disponibilizada de forma online pela República dos Quadrinhos através do projeto AGOSTO PRA TUDO! 
 
O trabalho é uma carta de apresentação do autor com tiras, projetos e duas hqs: Existe vida na minha cabeça ou seriam meus pensamentos narrando a história de um jovem à beira da morte e a primeira historia em quadrinhos de Psycho Cereal Killer e Heather Lee Curtskamp uma compilação de todas as tiras foi publicada no Amostra Grátis #4
 
Agora sem mais delongas, clique aqui e conheça um pouco mais do meu trabalho: Luz nas Trevas pede passagem!

domingo, 28 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: TIRAS D+!

O paulistano Tiago Silva foi um brother que encontrei via orkut e de cara me identifiquei com o seu trabalho com tiras, nem sabia que ele também fazia caricaturas, tocava bateria, baixo, guitarra, gritava, enfim... talvez por isso, eu tenha lhe convidado pra integrar a nova geração do Tirando Uma, ele topou, mas disse que não tempo de postar e apenas consentiu na disponibilização das tiras. 
 
O tempo passou e agora surgiu a oportunidade de expor ao mundo parte de seu trabalho ( o do som alto da batera, dos gritos e acordes, só pessoalmente). Apesar de não possuir um personagem fixo, Tiago trabalha muito bem com o gênero, até mesmo trazendo umas abordagens diferenciadas, ora sutis, ora bem-humoradas, ora ácidas e até outras mais existencialistas ou reflexivas. 
 
O que prova que nunca julguem uma revista pela capa. 
 
 
Nada contra o som pesado do Tiago, né isso não. Mas quem der umas fuçadas nas fotos dele (tive que fazer isso pra descolar uma pro perfil) vai ficar com a ideia errada do rapaz, ele não tem nada de truculento (a mãe dele e os vizinhos é que o digam) e é um grande expoente da nova geração: inteligente e criativo, até D+! Pra quem curte tirinhas ou não, Tiras nunca serão D+, principalmente as do Tiagão, aí!  
 
Tiras D+ e som na caixa, mané! Ueeeoeoooowwwww!  
 
D+, véio! É nóis! 
 
Clica logo aqui mano e vamo detonar geral!

sábado, 27 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: MADE IN PB!

Um trabalho primoroso foi produzido por essa jovem e multitalentosa paraibana, chamada, Paloma Diniz
 
Com o seu talento individual, ela sozinha já bancaria uma webcomic solo, só com seu material autoral e suas tirinhas, mas preferiu prestar uma baita homenagem ao Studio Made in PB: apresentando seus colegas de labuta e os respectivos estilos gráficos, além de um breve, mais consistente histórico desse estúdio paraibano que já tem mais de uma década nas costas de produção. 
 
Mais a caixa de PALOMADORA não para por aí, tem mais: entrevistas que ela fez e matérias que foram publicadas pela webmagazine FARRAZINE, nossa co-irmã e parceria no AGOSTO PRA TUDO! 
 
Paloma ainda é tão generosa que cedeu parte de seu espaço para que outros colegas contribuíssem e divulgassem a sua arte. Não sou a HEBE CAMARGO, mais a Paloma é sem dúvida "uma gracinha!". 
 
E mais, Made in PB é disparada a webcomic com o melhor projeto de layout e diagramação das que passaram pelas minhas mãos. 
 
Made in PB na área galera! Cliquem aqui e tirem as suas próprias conclusões!

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: DÃO MAIOR!

Mais um grande talento carioca do universo dos salões de humor: Dão
 
Não me perguntem de onde veio esse apelido, se descobrir a tempo incluo nos extras do AGOSTO PRA TUDO! 
 
Mas o que sei é que esse cara desenha pra caramba! E em DÃO MAIOR, quem dá o tom do humor é ele. 
 
Várias celebridades DÃO as caras nessa edição, com um ar bem particular. E olha que nós apresentamos (e apresentaremos) muitos caricaturistas nesse projeto, onde o desafio MAIOR é o de conseguir fugir do lugar-comum na hora de retratar uma celebridade. 
Principalmente, as mais "manjadas"! Mas DÃO dá conta do recado e do mensageiro, a ilustração bem humorada utilizada na capa, já mostra que ele tem um diferencial. 
 
 
Com vocês DÃO MAIOR
 
Clique aqui sem medo, pois o material também é indicado para menores em altura e faixa etária.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: RAY MAN!

Ray Costa é "o cara!", é "o homem!", é "o bicho!", é o "RAY"... é o "RAY MAN"! 
 
Não, não é um trocadilho com aquele filme com Tom Cruise e Dustin Hoffman (Rain Man - 1988), também não tem nenhuma relação com uma animação tosca em 3-D que rola por aí (RAYMAN) e muito menos você verá o Ray Costa montado em cima de uma gato, empunhando alguma coisa roliça e pontiaguda nas mãos, numa adaptação carnavalesca de os "Mestres do Universo" (He- Man), é Ray Costa, o homem, mostrando o seu trabalho... ou pelo menos parte dele!  
 
Se em RAY Leituras, optamos por expor o seu lado mais conhecido, por assim dizer, o de caricaturista premiado internacionalmente em salões de humor, dessa vez é o cartunista (também premiado internacionalmente em salões de humor). 
 
O olhar crítico, imperdoável, pertubador, mas acima de tudo, verdadeiro,  estará exposto aqui numa pequena galeria de charges e cartuns do Ray. Religiosidade, política, cotidiano, nada passa despercebido ou é poupado pelo crivo desse talentoso artista. 
 
Clique aqui e compreenda por que uma imagem vale mais do que mil palavras!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO:NÃO É UMA DUPLA DINÃMICA!

Discordando de Wanderline, eu diria, que sim, essa é uma dupla "pra lá de dinâmica"!
 
No ritmo, nas cores, nas temáticas, no humor! 
 
Urubuman, o atrapalhado e ingênuo super-heroi potiguar e o   investigativo e embaraçado detetive Eni Guimá, se completam, na verdade deveriam de fato participarem de um crossover de verdade, seria hilário. 
 
Em "NÃO É UMA DUPLA DINÂMICA", Wanderline nos apresenta o que ele tem de melhor, seu traço caricato e sua veia humorística. 
 
O título é composto por uma coletânea de tiras desses dois personagens impagáveis. Para quem ficou impressionado com o traço refinado nos esboços eróticos e realistas do autor em WANDERLAND, é uma excelente oportunidade de conhecer outras facetas desse "pequeno notável" açuence, mas são-rafaelense (é isso mesmo?!) de coração! .
 
Do interior do Rio Grande do Norte para o Mundo! Cliquem aqui, pois o Urubu-sinal tá no prego...

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Lançamento de Birds, nova HQ de Gustavo Duarte!!!

Nesta terça-feira, 23 de agosto, Gustavo Duarte, autor de Taxi, lança sua terceira HQ, Birds (24 páginas, R$ 12,00).
Desta vez, o humor surreal que caracterizou os trabalhos anteriores se soma à narrativa gráfica baseada no suspense e terror. Birds conta a história de dois irmãos pássaros, donos do escritório de contabilidade "Palhares & Palhares". Um dia comum de trabalho se transforma num pesadelo com a chegada de uma inesperada visita.
Como nas outras HQs, a revista segue o mesmo modelo, sem o uso de nenhuma palavra na narrativa, e também é em preto e branco.


A HQ será lançada no Sabiá Bar e Restaurante (Rua Purpurina, 370, Pinheiros, São Paulo/SP), nesta terça-feira, ou seja HOJE, a partir das 20h.


Você também poderá comprar a HQ no site do Gustavo.

E, na próxima quinta-feira, 25 de agosto, ocorre o lançamento na cidade de Bauru/SP, no Templo Bar (Rua Benjamin Constant, 1-34 - Centro), também a partir das 20h.
Se você estiver em Sampa, não perca de jeito nenhum o lançamento!!!!

AGOSTO PRA TUDO: ARIOVALDO!

Cara, na boa, ainda não descobri que espécie de bichinho é o ARIOVALDO, mas deve ser de uma bem sacana. 
 
Calma, não to detonando a série, ela é boa e até de mais, tanto que o seu protagonista é aquele carinha que nós amamos odiar! 
 
Acho que ele é um bicho-da-cana, embora adore uma cerva sempre gelada e possua uma companheira coitada, que é altamente compreensiva e permissiva, pois acreditem, esse cara sóbrio é um porre!  
 
ARIOVALDO é mais um título brilhante e delicioso de se ler, tanto pelo desenho caricato, engraçado e infantilizado do Vanderfel,  quanto pelas sacadas reais e espertas desse "cú de cana" da moléstia! 
 
Quem é que não conhece um ARIOVALDO, aí? Mas apesar de ser um inseto, ele tem um bom coração, já o mesmo não pode ser dito sobre o seu fígado (se é que ainda existe)! 
 
Como em "NINFAS MANÍACAS" o "+ ou -  adulto" do Vanderfel é uma propaganda pra lá de enganosa. 
 
Não deixe o seu pimpolho ter contato com o ARIOVALDO antes da maioridade, e até você mesmo, caro leitor, não abuse, pois a leitura indiscriminada de ARIOVALDO pode causar dependência química, física, mental e alcoólica. 
 
Mas com moderação, pode! 
 
Então encomende uns espetinhos de coração de galinha, abra uma cerva gelada enquanto aguarda o download desse cara e depois entre um gole e outro, embriague-se com o bom humor e a genialidade desse personagem mau caráter, cachaceiro e legal demais da conta, sô!
 
Tá esperando o que? Puxe uma cadeira e clique aqui, o garçom já vai servir uma dose com carinho e no ponto de ARIOVALDO on the rocks! Sacana duma figa!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

FARRAZINE # 23


Atenção respeitável público! A mais nova edição do Farrazine está no ar!

E dessa vez a edição sai do forno junto com o projeto "AGOSTO PRA TUDO" da República dos Quadrinhos do nosso companheiro Beto Potyguara!
Esta iniciativa já está no ar e você pode ler mais detalhes nas páginas do Farrazine.

Uma visão divertida do reboot da DC feito por Ed Palhares e MauMoraes. Temos também a participação de Doug Lira e seu "Traço a Traço", além de uma linda tirinha de Alberto Pessoa e dos Quadrinhos Gonzo, de Jussara Nunes!


Pablo Grilo estreia com o conto "Andanças por um Local Distante", e temos também "Vicent & Van Gogh" de Manassés Filho.

Continuamos com uma supermatéria sobre Graphic Novels autobiográficas assinada por Rafael Martins; Nano Falcão analisando os filmes da Marvel e DC no cinema; Fernando Schittini esquadrinhando Dream Theatre; além das participações habituais de Rita Maria Felix da Silva, Rafael "Hiro" Machado Costa, Brenno Dias, Rafael Oliveira, Red Baron Blues, Bráulio Taumaturgo e etc...

E para não perder o hábito das entrevistas, trazemos uma bacanuda com a galera do "Pipoca e Nanquim".

Chega de detalhes agora, não é? Vai, clica aí embaixo e leia o Farrazine #23!!!



Publicado em 20.08.11. 86 páginas.





VEJA AQUI MESMO!




quarta-feira, 17 de agosto de 2011

CONTOS - O Criador e o Espírito

Por Rita Maria Felix da Silva


Num recanto fora da realidade, o Criador do Universo ponderava. Estava de pé, braços cruzados, o semblante pesaroso e sombrio. Em seu ombro direito, o Espírito, segundo membro da Trindade, repousava.
Após o que pode ter sido alguns segundos ou até mesmo uma eternidade, ele apontou para sua obra e assim falou:

— Veja, Espírito, o que tragicamente ocorreu com este universo: corrompido de modo irrevogável, irremediavelmente degenerado, desviado e perdido de qualquer propósito original. Um reino de caos e maldade, uma abominação que ofende a si mesmo… E a mim. Que isso termine agora!

E estalou os dedos da mão direita e o universo se contorceu, gritou e explodiu. Da infinidade de energias liberadas, o Criador ordenou que um novo cosmo começasse a se formar, enquanto lágrimas escorriam-lhe dos olhos.

— Mais uma vez você chora. — observou o espírito.
— Sim. Essa foi a versão 2718 do universo. Uma das que mais gostei… Particularmente aquele mundo…
— A Terra?
— A Terra. Eu tinha muita esperança sobre ela. Você me conhece: não há maior felicidade para mim que criar um universo… Nem tristeza mais profunda que destruir um. Trilhões de seres extintos num só instante. Nada me machuca o coração mais que isso.
— Criador, embora nenhuma coisa possa ser escondida de mim, sempre escolhi respeitar sua privacidade. Há, porém, uma pergunta que, há tempos, desejo fazer. Importa-se?
O Criador do Universo sorriu, um riso que poderia gerar uma centena de sóis numa galáxia e apagar uma centena em outra:
— Não, Espírito. Entenderei como uma cortesia entre nós. Pergunte o que desejar.
— 2718 universos. Todas essas vezes, em nenhuma ponderou sobre a moralidade disso? Quero dizer, não seria mais correto deixar que o universo — se corrompido, pervertido, como fosse — continuasse existindo, do que retirar a vida de tantas criaturas? Nunca se questionou sobre o que está fazendo?
— Todo o tempo, Espírito, todo o tempo… — respondeu o Criador e naquelas palavras havia dor suficiente para que a população de um bilhão de mundos cometesse suicídio — Mas… Vamos. Devemos agora ir falar com o Terceiro de nós… Meu Filho. Suponho que ele vai querer tentar salvar este novo universo também.

Lá foram ambos. O Criador nada mais disse o resto do caminho. O Espírito cantarolou a melodia mais triste que se possa imaginar.

FIM
Dedicado a Jean Gabriel 

Publicado no Farrazine #20 que você pode baixar aqui ou ler online mesmo aqui

terça-feira, 16 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: MALditos POPULARES!

 
Nessa obra sui generes, o piauiense, Joaquim Monteiro, nos apresenta uma releitura particular de alguns provérbios e "ditos" populares nordestinos e, outros, comuns a várias outras regiões do país.  
 
MALditos Populares estava disponível há um tempão no orkut do Joaquim, mas agora ele teve a devida divulgação e atenção, merecida. 
Esperamos que vocês curtam esse que é o primeiro trabalho de uma trilogia do Joaquim no AGOSTO PRA TUDO! 
 
Clique agora aqui e aumente o seu vocabulário cultural, com expressões recheadas de bom humor, sátira e lógico, Joaquim Monteiro na veia!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: ALMA DE DRAGÃO!

Para os fãs de Mangá não reclamarem aí esta uma HQ com um traço inspirado no gênero.
 
De autoria da dupla cearense, Káleo Mendes (roteiro e arte) e Luis Carlos Sousa (roteiro), nós temos aqui uma aventura que reúne de tudo um pouco e muito mais, tem aventura, referências gráficas e pitadas de humor, típicos do Mangá e mais alguns elementos da trama que nos remetem ao universo dos RPGs. 
 
O traço do Káleo é o forte da obra e segue numa crescente, deixando o público ávido pelos próximos capítulos da série (que esperamos que também saiam por aqui!). 
 
São 16 páginas de quadrinhos da ALMA DE DRAGÃO, completando a edição com algumas belíssimas ilustrações num estilo "mais clássico" do Káleo (pelo menos, era o que eu conhecia dele, antes de topar com essa HQ). 
 
 
Clique aqui e conheça o primeiro capítulo do arco ou então receba uma flechada bem no meio da b...!

domingo, 14 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: ALVES COMICS!

Evando Alves dispensa apresentações, não é? 

Hã?

Cê nunca ouviu falar dele? 

Bem, então já passou da hora de conhecê-lo!

Alves possui um traço que em muito nos remete a lembrança (ou a influência) do Sergio Aragonés (MAD), por coincidência, atualmente também colabora na edição brasileira desse título. 
Campeão de Salões de Humor nacionais e internacionais e com colaborações nos principais jornais do país, sua última peripécia foi dar vida ao Piteco do Maurício de Sousa no Projeto MSP novos artistas.

Tem projetos de publicar algumas de sua séries de tiras, daí o fato de que de pérolas como o super-heroi "Homem-Galinha" ou o cavaleiro andante "Sir Manoel", não darem as caras em ALVES COMICS

Nessa edição, ALVES nos brinda com o que há de melhor em seu trabalho como cartunista, principalmente. Crítico, pertinente e inteligente, esse mineiro amplia o cardápio das iguarias de seu Estado, mostrando que artistas gráficos de qualidade e versatilidade também existem na terra do UAI! (sem sacanagem, tô me referindo ao Jornal). 

Clique aqui e conheça o trabalho desse artista que durante um bom tempo redigiu as histórinhas da Turma da Mônica, mesmo sem que os seus créditos lhe fossem devidamente conferidos (a crítica aqui, é nossa, viu?). 

ALVES COMICS, espero que o título pegue e tenhamos em breve a oportunidade de vê-los em prateleiras de bancas ou de livrarias. Enquanto esse dia não vem, clica aqui, vai?

sábado, 13 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: MUNDICO!

 O título não faz jus a série, MUNDÃO ou MUNDICÃO, talvez ficassem melhor, enfim...


MUNDICO é uma série du cacete, produzida pelo Renato Takashi, o "Takren", para os íntimos, aquele que faz tudo pelo seu cliente, menos dar uma bitoca na boca (por enquanto, pois dias difíceis se aproximam). 

Com um traço limpo, um texto instigante, sobre o seu cotidiano, mas que poderia muito bem ser do meu, do seu, daquele cara lá da esquina... muito legal, mesmo! 

E merece uma versão impressa pra ontem! Com mais de dez anos de bagagem no meio publicitário nas costas (por isso está desenvolvendo escoliose), Takren nos apresenta apenas uma de suas séries de tiras e apenas uma das inúmeras possibilidades artísticas que esse nosso AKIRA é capaz de realizar. 

Esperamos que apesar do curto tempo que possui livre, numa das folgas da senzala possa nos brindar com mais capítulos dessa e de outras de suas séries. 

Clique aqui e acompanhe a saga desse autor-personagem (sua representação gráfica não faz jus a sua beleza natural, acreditem) que protagoniza uma das séries mais inteligentes e agradáveis da net contemporânea. 

Se você tiver uma opinião contrária, não podemos fazer nada... nós e o autor concordamos em número, gênero e grau, nesse sentido. E afinal, quem é você pra discordar conosco?! 

Vai, clica logo aqui ou muda logo de blog, de postagem, de planeta, de universo, de galáxia... e depois retorna pra dar uma checada no MUNDICO, valeu?

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: ATIRANDO NA WEB!

 
Antoni Wroblewski é o cara do nome difícil de pronunciar (tente repetir três vezes bem rápido), mas acima de tudo é um talento promissor que precisa ser conhecido. 
 
O título foi ideia dele, ATIRANDO NA WEB seria uma homenagem a época em que contribuiu no Tirando Uma e ajudou a fundar os alicerces do que viria a ser a República dos Quadrinhos/ABAS.  
 
Antoni já havia nos brindado recentemente com o seu HUMOR GRÁFICO: algo para ser levado a sério (sim! trata-se do mesmo cara!), demonstrando que quando é pra "ser sério", ele também sabe ser. 
 
Mas deixando o seu E-book de viés acadêmico de lado (baixe agora!), ATIRANDO NA WEB, reúne um pouco (mesmo!) do que esse jovem curitibano faz: tiras, quadrinhos e algumas ilustrações com a utilização de técnicas diversas. 
Sua principal série e que o marcou até o momento, são o Mané e Ninguém, presentes nessa coletânea ao lado de outros trabalhos que convidamos aos interessados que venham gentilmente repousar a "setinha" do seu mouse aqui  para poder enfim conhecê-los.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: POTYLÂNDIA!

 
Apesar do título, não trata-se de algo no estilo de WANDERLAND, apresentar o "Mundo Mágico de Beto Potyguara"
 
Pode descer para o térreo que não tem nadica de nada com isso, tá? 
 
POTYLÂNDIA foi um fanzine impresso que nosso camarada Beto Potyguara produziu entre 2005-2006 e que tinha a intenção de resgatar a história da arte sequencial potiguar (pouco pretensioso o bichinho). 
 
O "Poty" veio da ideia de homenagear o José Potiguar, o "Poti", primeiro cartunista do estado, mesclando com a nação potiguara de nossas origens, com o bairro homônimo, enfim... o "Y" entrou pra ficar fashion e pra evitar problemas com direitos autorias com os outros potis com "i" (mas acabei encontrando foi com os "homenageados"). 
 
POTYLÂNDIA abre a trilogia solo no AGOSTO PRA TUDO
 
Nela vocês vão ver as minhas primeiras séries de tiras (1996-2003): Forte Poty, Klã Destino, Dr. Placebo e Pelotinha, todas "remixadas" e muito mal diga-se de passagem.... hehehehe!

Esperamos que vocês curtam e acompanhem a metamorfose artística do Beto no AGOSTO PRA TUDO!  

Bem quem quiser conhecer essa etapa da minha vida que proporcionou a origem da República dos Quadrinhos/ABAS é só clicar aqui, valeu!

Revista Pheha



Leitura obrigatória para qualquer amante da cultura pop e informação atual!

Leia a publicação, online mesmo, no link abaixo e divirta-se!

http://www.pheha.com/






quarta-feira, 10 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: LÓG - tomo II

 
LÓG é uma série que mistura temas do cotidiano, com reflexões ora críticas, ora filosóficas, metáforas contemporâneas vindas diretamente da pré-história que nos tocam de imediato. 
 
O traço refinado de Vilson, nos faz lembrar as séries clássicas de tiras vindas do exterior que inundaram o nosso país, sobretudo, na década de 70 do século passado. Embora seja um personagem universal, o Brasil das cavernas, dos dólares na cueca, do "jeitinho" esperto de ser, estão presentes em sua narrativa. Sou um grande fã do trabalho de Vilson em Lóg e talvez suspeito a dizer que ele já deveria ter tido a oportunidade de lançar uma versão impressa do personagem há muito tempo. 
 
O traço inacabado, meio caligráfico, a ausência de balões de fala, tudo é proposital e amarrado com um discurso harmonioso, são esses detalhes que tornam essa obra de Vilson tão singular e que merecidamente deve ser conhecida. 
 
Clique aqui e baixe o Tomo II, mas toda a história tem seu princípio, então recomendo que vocês também baixem aqui a primeira parte da série. Vocês não irão se arrepender!

terça-feira, 9 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO: RAY LEITURAS!

 
Ray Costa possui mais títulos de salões de humor por esse Mundo à fora do que dentes em sua arcarda dentária. Talvez seja daí, esse eterno sorriso estampado em seu rosto. 
 
Em Ray Leyturas, tentamos selecionar um pouco do material magistral desse artista carioca. 
 
O resultado é um belíssimo portfólio de caricaturas de celebridades Nacionais e Internacionais, muitas delas premiadas. Somente os extras do AGOSTO PRA TUDO é que vão comportar o que as 20 páginas de conteúdo propostas para o projeto não foram suficientes para comportar, devido a demanda de sua arte tão rica, bela e diversificada. 
 
Com vocês Ray Leituras: as celebridades sob a ótica de Ray Costa. Clique aqui e baixe o seu agora!

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

AGOSTO PRA TUDO! Webcomic Wanderland



 Seguindo o projeto "Agosto pra tudo" da República dos Quadrinhos apresentamos um dos seus primeiros lançamentos; a HQ de Wanderland Wanderline Freitas!

A obra possui esboços, temos o artista explicando seu processo de criação e de trabalho, mas também tem ação e erotismo, ou seja, é um convite irrecusável para se conhecer pela primeira vez essa arte (ou revê-la) que vem do interior do Rio Grande do Norte (S. Rafael), mas que merece ser conhecida pelos quatro cantos desse país. 

Winblack, heroi sério, por assim dizer, faz às honras com  muito "EQUILIBRIO", em seguida temos uma história curta (A SURPRESA) que reúne os dois elementos já citados: ação e erotismo. E o erotismo está em alta nessa webcomic, tanto em sua última HQ (SEDUÇÃO), quanto nos belíssimos e precisos traços de Wanderline. 

É preciso dizer mais? Então eu digo: MAIS! E clica logo aqui para conhecer essa Webcomic do outro mundo... do mundo de Wanderland!

domingo, 7 de agosto de 2011

CONTOS DO FARRAZINE

O Trabalho Irrita o Homem (e os gatos também)! - por Jacarandá (Jussara Gonzo)

Enrodilhar-se no lugar mais macio e quentinho que encontrar e ali ficar até o Juízo Final. Este é o grande objetivo da vida de um gato. E, sinceramente, é o meu objetivo também! E se duvidar, de todas as outras pessoas deste mundo.

O único motivo pelo qual as pessoas trabalham tanto é, para no futuro, não terem mais que trabalhar. Por mais que o profissional ame o seu trabalho ele, um dia, vai querer largar aquilo. Não porque acaba desgostando do que faz, de jeito nenhum.
Mas há um momento em que, por mais que ame a literatura, todo escritor gostaria que seus livros se escrevessem sozinhos...

Todo atleta gostaria que seu corpo se mantivesse em forma para sempre...

Toda cozinheira gostaria que os pratos deliciosos que faz ficassem prontos sem a ajuda dela...

Todo publicitário gostaria que suas peças ficassem prontas antes do deadline...

Todo advogado gostaria de ferrar os outros sem ter que conferir pela 10985° vez o código penal...

As pessoas trabalham feito mulas para, enfim desfrutarem da paz que merecem. Mas veja só: muitos, quando se aposentam, ficam completamente caducos! Trabalharam tanto que não sabem mais como ficar sem fazer nada. Ficam procurando coisas para fazer. Vovozinhas fazem tricôs mais rápido do que qualquer máquina têxtil. Vovozinhos adoram mexer em calhas e consertar coisas que não sabem como funcionam.
E, acima de tudo, trabalhamos para poder nos gabar um dia, principalmente aos mais novos: “Eu levantava às cinco da manhã todos os dias para ir trabalhar!”; “No meu tempo não tinha internet, nós tínhamos que correr atrás da notícia na raça mesmo!”; “Windows? Frescura! Na minha época eu só programava com zeros e uns!”.

Falam para se mostrarem superiores, provarem que podem encarar qualquer coisa a hora que for preciso (ou pelo menos podiam). “Na sua idade eu criava galinhas, ordenhava vacas, fazia minha própria manteiga e entregava o briefing antes do galo cantar!”. E sentem-se ultrajados quando perguntam como foi o seu dia e você responde: “De manhã, acordei às onze horas, almocei, fiz a siesta e passei a tarde inteira jogando Nintendo”.

Chamam você de vagabundo (como se resgatar a princesa Peach não fosse trabalhoso...), de preguiçoso.
Caluniam os jovens de vida boa, dizendo que jamais sentirão a satisfação do trabalho. Mas a bem da verdade é que, se o trabalho tivesse lhes trazido tanta satisfação assim, jamais teriam se aposentado e não ficariam se queixando das peripécias pelas quais passaram.

No entanto, haverá uma hora que nós também teremos que dar duro, MUITO duro! Mais do que já pensamos dar hoje em dia. Por isso escolhemos a profissão que mais amamos para, no final da vida, perceber que NÃO HÁ profissão que você ame: todo trabalho é um porre.

E até o Juízo Final, nossos gatos domésticos mimados serão os únicos que verdadeiramente alcançarão a iluminação divina. Pois eles, ao contrário de todos os outros seres vivos, sempre conseguirão atingir seu objetivo: enrodilhar-se no lugar mais macio e quentinho que encontrar e ali ficar... sem se preocupar com o despertador ou com o colesterol acumulado nas veias se você não levantar seu traseiro gordo da cama e praticar algum exercício.


Texto publicado no Farrazine #14 que você pode ver online aqui ou baixar aqui

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

RESENHAS DO FARRAZINE

Blues, parte 3 - por Snuckbinks


Muitos cantores de Blues, não apenas cantavam suas músicas, mas acabavam vivendo elas. Por isso acabavam-se em bebedeiras, e não raro, em drogas.

O próprio Robert Johnson, acabou vítima de seu vício, pois misturaram veneno à sua bebida, que fatalmente trouxe um fim precoce á sua carreira.

Muitos outros músicos talentosos também colheram os frutos amargos do pacto com o demônio da garrafa.

Entre eles Little Walter, um dos maiores gênios, se não o maior, gaitista à deixar sua contribuição para o mundo da música, podendo ser comparado à Jimi Hendrix e Charlie Parker.

Little Walter ficava incomodado pelo som de sua gaita ser abafado pelo som da guitarra, assim ele usou um artifício inovador, na concha que formava na mão para tocar a gaita, ele colocou um microfone, assim amplificou o som de sua harmônica.

E além de usar isso para amplificar o som da gaita, ele ousou experimentar novos timbres e efeitos inéditos, assim ele acabou criando e utilizando a distorção eletrônica, inspirando os gaitistas posteriores.

No entanto, Little Walter era alcoólatra e tinha um temperamento difícil, por isso se envolvia sempre em brigas, se você fizer uma busca no google por fotos dele, notará as diversas cicatrizes resultantes de seu comportamento, e foi como resultado de uma dessas brigas em que ele ficou gravemente ferido, e morreu, devido à complicações de uma trombose coronária, vindo a morrer no dia 15 de fevereiro de 1968.

Infelizmente o que levava os músicos ao mundo das drogas licítas ou ilícitas era o rítimo alucinante com o qual se apresentavam, acordos entre empresários, impedia que fizessem shows em localidades muito próximas, assim eles tinham de percorrer distâncias muito longas em períodos curtos, e sempre acabavam recorrendo a medicamentos, bebida ou drogas para suportar esse ritmo alucinante.


Texto publicado no Farrazine #17 que você pode ver online aqui ou baixar aqui

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Agosto pra tudo

O Projeto Agosto pra Tudo foi idealizado pela República dos Quadrinhos e tem como foco principal divulgar a produção independente e autoral dos quadrinhistas, roteiristas e ilustradores do nosso país. Criando um intercâmbio entre os artistas envolvidos e demonstrando ao público e ao mercado editorial brasileiro de que existem fenômenos e talentos em outros gramados além do futebolístico. E mais, que existem outras coisas a serem apreciadas além das frutas e das plantas que abundam em cada estação, ano a ano.
A exemplo do Concurso Anual de GAGS, promovido pela editora Marca da Fantasia, e da Maratona dos Quadrinhos, que ocorre no mês de Janeiro por intermédio do Blog dos Quadrinhos, também pretendemos dar nossa humilde colaboração para a revitalização e o fortalecimento da HQB. Então, acompanhe-nos nessa jornada, pois o Agosto pra Tudo veio pra ficar!
O evento celebra os quatro anos de criação da República dos Quadrinhos. A cada dia do mês de Agosto será lançada uma webcomic de um autor diferente para download gratuito. Para conhecer mais sobre a República dos Quadrinhos (e fazer download das revistas em Agosto), visitem este endereço eletrônico:http://rquadrinhos.blogspot.com/.
Abaixo segue a programação com o cronograma de lançamento das revistas, revelando os títulos e os autores envolvidos no projeto:
Primeira Semana (01 a 07 de Agosto)
01 (Segunda-Feira)- Ninfas Maníacas
Autor: Vanderfel- SP
02 (Terça-Feira)- Wanderland
Autor: Wanderline Freitas- RN
03 (Quarta-Feira)- Ray Leituras
Autor: Ray Costa- RJ
04 (Quinta-Feira)- Lóg
Autor: Vilson- PR
05 (Sexta-Feira)- Potylândia
Autor: Beto Potyguara- RN
06 (Sábado)- Atirando na Web
Autor: Antoni Wroblewski- PR
07 (Domingo)- Mundico
Autor: Takren- SP
Segunda Semana (08 a 14 de Agosto)
08 (Segunda-Feira)- Alves Comics
Autor: Evandro Alves- MG
09 (Terça-Feira)- Alma de Dragão
Autor: Kaleo Mendes- CE
10 (Quarta-Feira) - Malditos Populares
Autor: Joaquim Monteiro- PI
11 (Quinta-Feira)- Ariovaldo
Autor: Vanderfel- SP
12 (Sexta-Feira)- Uma Dupla Nada Dinâmica
Autor: Wanderline Freitas- RN
13 (Sábado)- Ray Man
Autor: Ray Costa- RJ
14 (Domingo)- Dão Maior
Autor: Dão- RJ
Terceira Semana (15 a 21 de Agosto)
15 (Segunda-Feira)- Made In PB
Autora: Paloma Diniz- PB
16 (Terça-Feira)- Tira D+
Autor: Tiago Silva- SP
17 (Quarta-Feira)- Luz nas Trevas: Autor em Crise
Autor: Joseniz Guimarães de Moura- RN
18 (Quinta-Feira)- Autobrumografia
Autor: Brum- RJ (Natal)
19 (Sexta-Feira)- Gaijin
Autor: Beto Potyguara- RN
20 (Sábado)- FARRAZINE 23
Autores: Kio e Cia
-Acunha
Autor: Márcio Garcia- RN
21 (Domingo)- A Felina Comédia
Autora: Nina Collére- PR
Quarta Semana (22 a 28 de Agosto)
22 (Segunda-Feira)- Josenix
Autor: Joseniz Guimarães de Moura- RN
23 (Terça-Feira)- Piauiês
Autor: Joaquim Monteiro- PI
24 (Quarta-Feira)- Tiago sem Concert
Autor: Tiago Silva- SP
25 (Quinta-Feira)- Rusiarte
Autor: Rusiano- RN
26 (Sexta-Feira)- SOQ! Só Quadrinhos! 4.1
Autor: Beto Potyguara- RN
- Simplesmente Omido
Autor: Evaristo Omido- MS (Japão)
27 (Sábado)- Diretamente de Krypton
Autor: Kaleo Mendes- CE
28 (Domingo)- Igorcentríssimo
Autor: Igor Cerqueira- DF
Quinta Semana (29 a 31 de Agosto)
29 (Segunda-Feira)- SOQ! Só Quadrinhos! 5
Autor:Beto Potyguara- RN
-Mundo Caricato
Autor: Joaquim Monteiro- PI
30 (Terça-Feira)- Detonando Geral
Autor: Beto Potyguara- RN
31 (Quarta-Feira)-Luz nas Trevas: Meio-que-em-off
Autor: Joseniz Guimarães de Moura- RN
-Ribeiros Rabiscos
Autor: Eneas Ribeiro- MT (PR)
FONTE: release

Ocorreu um erro neste gadget

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes